Apisul

NOTÍCIAS

18/07/2018

Aumento no volume de veículos provoca acidentes nas estradas

Diversas estradas do País apresentaram um aumento significativo no trânsito de veículos com a retomada na movimentação do transporte de carga e a necessidade de reposição de estoques com urgência. O volume de acidentes envolvendo caminhões têm se multiplicado, principalmente em estradas e rodovias, com conservação e sinalização deficientes, gerando impactos não apenas em caminhões, mas também em carros e motocicletas.

Diante deste cenário, é fundamental a adoção de medidas de segurança por parte dos motoristas para prevenção de acidentes, tais como:

- Obedecer o limite de velocidade das rodovias e não realizar ultrapassagens em locais proibidos, como curvas, pontes e em faixas contínuas. Tudo isso aumenta a insegurança nas estradas e causa inúmeros sinistros, muitas vezes fatais;

- Planejamento de viagem. O sono, a fome e a fadiga acabam gerando uma perda de reflexos significativa, comprometendo a segurança do motorista e de todos que cruzam em seu caminho. Portanto, é essencial planejar suas viagens e se programar para realizar paradas e usufruir dos descansos necessários, cumprindo a jornada que assegure descanso;

- Não trafegar com excesso de carga. Apesar da fiscalização exercida pelos órgãos governamentais, não é raro encontrarmos caminhões trafegando com peso acima do limite permitido. Esse tipo de situação, além de prejudicar a infraestrutura das estradas, é um fator de risco e contribui para a ocorrência de acidentes;

- Adotar uma postura preventiva. O tamanho e robustez dos veículos que realizam o transporte de carga  exigem dos motoristas  ainda mais cuidado nas estradas, inclusive havendo a necessidade de velocidade diferenciada de acordo com o tamanho e número de rodados;

- Cuidar a amarração da carga para evitar o tombamento da carreta em uma curva fechada. Importante analisar a movimentação da mercadoria para que não haja acidentes, calculando o peso, especificando os materiais e analisando todas as variáveis para evitar prejuízos ou até mesmo um acidente fatal envolvendo outros veículos.

Também se faz importante e necessário o cumprimento de legislação que envolve o transporte rodoviário de cargas, uma vez que a mesma está inserida nas apólices de seguros e precisa ser rigorosamente cumprida para evitar prejuízo às coberturas contratadas.

 

Confira a seguir alguns itens que merecem total atenção:

Os registros públicos das ocorrências de sinistros estão cada vez mais completos e objetivos, trazendo mais informações quanto ao cumprimento da legislação obrigatória, tais como:

Tacógrafos: além de estarem instalados e aferidos adequadamente, os discos devem estar atualizados. Inclusive, multas estão sendo aplicadas em virtude do descumprimento deste item. Desconformidades relacionadas ao tacógrafo impactam diretamente nas coberturas securitárias, uma vez que o mesmo é obrigatório na legislação vigente, podendo trazer prejuízos aos pagamentos de indenizações por parte dos segurados.

-  Excesso de velocidade: os registros de velocidade X velocidade permitida, estão sendo incluídos nos boletins de ocorrências e sendo confirmadas através da inserção de cópia dos discos de tacógrafos, comprovando ou não o cumprimento da legislação vigente. O excesso de velocidade tem sido motivo cada vez mais frequente de negativas de sinistros.

Aplique as boas práticas de direção defensiva e dê a sua contribuição para estradas e viagens mais seguras. 

O Grupo Apisul agradece a sua colaboração e deseja uma boa viagem!

VOLTAR